Radiocomunicações de Emergência

 In Uncategorized

RADIOCOMUNICAÇÕES DE EMERGÊNCIA, EM DEFESA E PROTECÇÃO CIVIL

Nesta imagem, estudo das ligações por rádio em L.O.S. nas faixas frequências de VHF e UHF, dentro e para fora dos concelhos de Oeiras e Odivelas no distrito de Lisboa.

Nesta imagem, estudo das ligações por rádio em L.O.S. nas faixas frequências de VHF e UHF, dentro e para fora dos concelhos de Oeiras e Odivelas no distrito de Lisboa.

Isto, porque os Amadores de Rádio são Agentes de Protecção Civil, logo a Associação Observatório Aeroespacial AMSAT-CT em parceria com outras entidades associativas e agentes sociais e educativos, como a Associação Espaço Nova Vida e o CNE no âmbito do programa de treino e formação Radio Scouting Emergency Communications reinstalou e colocou em funcionamento três novos postos de amador, reforçando uma vasta área de cobertura desses emissores do serviço de amador, interligados em rede e colocando-os ao serviço do Radioescutismo e das autoridades locais de Protecção Civil, um trabalho que desenvolve desde a nossa fundação em 1998 mas que reforçou depois em 2011, com a instalação de outros postos de amador nas freguesias de Carnaxide e da Pontinha, nos concelho de Oeiras e Odivelas.

A Associação AMSAT-CT porque se empenhou e dedica há muitos anos, a estas temáticas, aprofundou estes estudos, durante e depois dos vários exercícios de protecção civil do PEERS-AML-CL do Plano Espacial de Emergência dos Riscos Sísmicos da Área Metropolitana de Lisboa e dos Concelhos Limítrofes efectuados pela ANPC, assim, vem estudando e exercitando, através de modelos de formação e de treino, quer com estudos, quer na formação com treino prático, em alguns casos, objectivamente específicos, em parceria com organismos da Defesa Nacional  seja em aulas teóricas, seja em exercícios de campo.

Contacte-nos

AMSAT-CT

Not readable? Change text. captcha txt